The Pedantic Bureau is a drawing I made to forget a frustrating experience I had in a difficult time of my life.

This week I received news from my family that my dearest father passed away. Being far away there is no much I can do for them. I have to learn to deal with my loss and try to understand what is happening to me, grief is a very strange process in one’s life.

Right now, I cannot hold a brush and paint so this drawing will have to do as a painting this week.

I had to deal with old information to renew some documents, and ended up meeting some pedantic people. I felt like understanding and help was gone through the window. This experience escalated to proportions that I exploded in tears twice in front people I do not know.

The pedantic Bureau is a stick figure drawing I made to erase the whole experience from my mind. It portraits people at the end of a big department. They hold forms and information on their hands, and only see right and wrong.

They lost touch with the current situation, and continually point their fingers towards what is acceptable and what is not. For them if the form is correct, it must have something wrong with it.

Pedantic Bureau
Week 32 – Pedantic Bureau (52W52P)

It is a sad Bureau. They do not see the human being in front of them, only a form and the mistakes.

They think they hold the decision, but the truth is, the decision is not in their hands. They are at the end of the line, to deal with simple people, with people that need their help. They are there to facilitate people’s life, not to make it worse.

They love forms; they do not like letters written out side of the box.

I am a human who makes mistakes, and in times of difficulty, I wish to be helped not to feel tiny and insignificant because I wrote my name with a letter outside the box, or because I used a check mark () instead of a cross.

I feel for the Pedantic Bureau, I hope they find people to help them in times of hardship. I also hope they open their eyes, and see pass the forms and what is not acceptable.

I wish to be part of making people’s life easier, not difficult for the sake of what is acceptable and what is not.

Pedantic Bureau
Week 32 – Pedantic Bureau (52W52P)

O Departament Pedante (Pedantic Bureau), é um desenho que fiz para aliviar uma experiência frustrante que tive em um momento difícil da minha vida.

Esta semana recebi notícias de minha família que meu pai querido faleceu. Estando longe não há muito que possa fazer por eles. Eu tenho que aprender a lidar com a minha perda e tentar entender o que está acontecendo comigo. Luto é um processo muito estranho na nossa vida.

Não tenho energia para pintar, então eu sentei e comecei a desenhar figuras para me ajudar a remover da mente a experiencia que passei.

Tive que lidar com documentos antigos, e acabei tendo que lidar com pessoas pedante. Este desenho me ajudou a eliminar a dor da experiência.

O Bureau pedante é um retrato de pessoas no final de um grande departamento, que possuem formularios e informação em suas mãos, e eles só vêem o certo eo errado.

Eles perderam o contato com a situação atual e continuamente apontam o dedo para o que é aceitável eo que não é aceitável. Para essas pessoas se o formulário foi preenchido corretamente, deve ter algo errado.

É um departamento triste. Eles não vêem o ser humano à sua frente, apenas o formulário e erros.
Eles pensam que são os responsáveis pela decisão ​​, mas a verdade é que a decisão não está nas suas mãos. Eles estão no fim da linha, para lidar com as pessoas simples, com pessoas que precisam de sua ajuda. Eles estão lá para facilitar a vida das pessoas, não para torná-la pior, mas isso é o que eles escolhem fazer.

Eles adoram as formulário; não gostam de letras escritas fora da caixa. Eu sou um ser humano que comete erros, e em tempos de dificuldade eu gostaria de ser ajudada, não de me sentir pequena e insignificante porque escrevi meu nome com uma letra que não se encaixava no formulario.

Sinto muito pelo Departament Pedante, espero que eles encontrem pessoas para ajudá-los em tempos de dificuldades.